• Flavio Veloso

O que é e para que serve um Filtro de Densidade Neutra

Outro dia fui marcado por um amigo em uma propaganda de um filtro de densidade neutra de 15 pontos, que somados ao Little Stopper de 6 pontos e ao famoso Big Stopper de 10 pontos, completam a família ND (Neutral Density) da marca do anúncio. Resolvi escrever sobre o uso que faço e minha opinião a respeito.

90 segundos - f11 - ISO200

Eu uso o Big Stopper (10 pontos), estou adquirindo o Little (6 pontos) e talvez não adquira tão cedo o Super Stopper (15 pontos) pela razões que descreverei mais abaixo. Mas antes vamos ao básico: o que é um filtro de Densidade Neutra e para que ele serve.

Um filtro de DN como o próprio nome já diz, é um filtro neutro que, em tese, não influencia em nada no que se refere as cores que estão sendo captadas e "apenas" rouba luz. E porque esse "apenas" entre aspas? Porque o fato dele apenas roubar luz é de onde vem a sua real aplicação.

Como ele rouba luz da cena, imagens que você fotografaria em f8 a uma velocidade de 1/4, com um Big Stopper (10 pontos) acoplado a sua lente você conseguirá captar a mesma cena com 4 minutos. E isso gera uma mudança estética radical na sua foto! Perceba que 1/4, apesar de ser uma velocidade considerada baixa, talvez não seja suficientemente baixa para borrar aquela cachoeira que você está fotografando, ou dar um efeito de leite naquele mar, ou borrar aquelas nuvens em um dia de tempo fechado, mas com luz. Com 4 minutos todos esses borrados aparecem de verdade. Saltam!

140 segundos - f16 - ISO100


No exemplo acima, eu já parto de uma velocidade relativamente baixa (1/4). Vamos supor agora que ao invés de f8 em 1/4, você esteja em um dia de sol a pino na praia, e seu fotômetro te "obrigue" a usar 1/250 - f8 - ISO 100. Mas o que você quer mesmo é usar a velocidade mais baixa possível, mesmo com sol a pino, para borrar a água e/ou as nuvens. A saída? Densidade Neutra! No nosso exemplo do Big Stopper, a velocidade cairia de 1/250 para 4 segundos. Velocidade baixa o suficiente para borrar a água.


30 segundos - f16 - ISO100

Um uso que eu não aplico na minha fotografia mas que pode ser dado ao filtros DN é abrir a possibilidade de usar grandes aberturas mesmo com excesso de luz. Vamos ao exemplo da praia escrito acima. Se as invés de querer uma velocidade baixa, vamos supor que você quisesse uma grande abertura para desfocar o fundo e destacar a sua modelo, esconder aquela muvuca lá atrás... 1.8 por exemplo. Se saíssemos de 8.0 para 1.8, sua velocidade iria de 1/250 para mais de 1/4000, mais do que a limite para a maioria das câmeras amadoras e algumas semi profissionais. Vejam que esse caso é uma situação muito específica e que não seria resolvida com um DN tão forte como os citados mas fica o exemplo para ser didático. Se tivesse um DN de 4 pontos, você, mesmo com o sol a pino, conseguiria fotografar em 1/250 em 1.8 na qualidade máxima do ISO100. Talvez o pessoal da filmagem possa aplicar mais...


Comecei citando filtros da marca LEE, que são filtros quadrados mas para esse tipo de filtro não vejo grandes problemas em usar filtros de rosca. Uso o quadrado pois consigo usa-lo somado a outros filtros de densidade neutra graduados. Esses últimos sim, importantíssimos serem quadrados (na verdade retangulares). Se você pretende ter apenas os Densidades Neutras Sólidos, não precisa se limitar ao quadrados. No mercado existem alguns ND variáveis (até aonde eu sei, obrigatoriamente de rosca). Seu elemento frontal gira como polarizadores, e a medida que ele vai sendo girado, seu efeito vai sendo potencializado, variando o número de pontos de luz que ele rouba. Existem filtros variáveis desde marcas muito genéricas (entenda xingling) até marcas super conceituadas como a B+W. E sendo coerente com aquele meu velho papo de não ficar escravo do equipamento, entre não ter e ter um de marca genérica, tenha um de marca genérica. Já fiz alguns testes e apenas não leve-os ao extremo. Talvez uma invasão de cor apareça mas isso é facilmente resolvido no tratamento. Não existe almoço grátis.

Sobre a citação lá em cima de talvez nunca adquirir o Super Stopper e, mesmo tendo o de 10 pontos (Big), estar adquirindo o de 6 se dá pelo fato de trabalhar em situações de pouca luz. Adoro aquele bom e velho lusco fusco. Então numa situação de pouca luz, um filtro de 10 pontos se torna impraticável pelo tempo de exposição absurdamente longo. Uma configuração padrão de 30" - f8 - ISO100 me dá impraticáveis 8h e 32min de exposição! Posso passar para um ISO 400? Posso abrir mais o diafragma (e perder profundidade de foco)? Posso. Mas ai o tal "eu quero" vai pro espaço. O equipamento passa a mandar em mim e não o contrário. Hoje, baseado no tipo de imagem que eu faço, teria dois ND de 6 pontos (Little Stopper) à um de 10 pontos.

Curtiu? Não? Deixe sua opinião ou sua pergunta! E não esqueça de entrar para nossa lista de transmissão.

Boas fotos,




30 segundos, f8, ISO100


》》》Quer receber conteúdo com dicas, como fazer, bastidores, promoções e muito mais sobre fotografia, arte, cultura e viagens?! Então venha! Faça parte da Lista de Transmissão do Fotógrafo Flavio Veloso / Indizível Expedições.《《《

CLIQUE AQUI


Você pode enviar um email para flavioveloso@gmail.com ou preencher o formulário:

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon