IMG-20180508-WA0024
IMG-20180508-WA0030
IMG-20180508-WA0020
IMG-20180508-WA0017
161206_7239
20161203_IMG_3115_TAPEROA_8
20161202_IMG_3044_TAPEROA_256
161203_6488
20161202_IMG_2954_TAPEROA_166
161208_7363
161206_7166-Editar
161207_7281

Expedição Fotográfica

TAPEROÁ
 INDIZIVEL

in·di·zí·vel (in- + dizível): 1. Que não se pode dizer. Inexplicável; 
2. Que é extraordinário. Incomum. Raro; 3. Aquilo que não se pode dizer.

Taperoá, centro geográfico da Paraíba, é um daqueles locais mágicos, que transbordam brasilidade. Terra de Ariano Suassuna, serviu de inspiração e cenário para a maioria de suas obras. Terra de seu Manelito, patrimônio mundial da humanidade (tombado por mim), da Fazenda Carnaúba, do melhor queijo de cabra do mundo, da família que consegue dentro de um contexto hídrico de seca extrema, se transformar em uma referência agrícola mundial. Região cenário de inúmeros filmes como o Auto da Compadecida, a micro série a Pedra do Reino, ambos de Ariano, o do longa e premiado "Cinemas, Aspirinas e Urubus". Representante autêntico de um sertão que deu certo: vivo, pulsante, próprio e sem clichês. Sem dúvida nenhuma, "Onde Nascem Os Fortes", que nesse momento em que teclo essas linhas, está em rede nacional no horário nobre. Gravado na região, lógico!

Venha fotografa-lo conosco e supreenda-se!

 

de 02 a 09 de Dezembro / 2021

(Festa/Procissão de N.S. da Conceição, Padroeira da região)

À vista, 4% de desconto via transferência bancária. Entrar em contato para efetuar.

Parcelado em até 10x no cartão.

Possibilidade de parcelamento sem juros até a data da expedição. Entrar em contato para efetuar.

Parcelado em até 10x no cartão

 

Esse é nosso pacote padrão, com todas as hospedagens INDIVIDUAIS. Para pacote duplo/casal, via detalhes diretamente no produto.

Incluso:

  • Traslado terrestre Campina Grande / Taperoá / Campina Grande em veículo privado com ar condicionado;

  • Hospedagem em quarto INDIVIDUAL em Taperoá com uma cama de casal. Quarto com ar condicionado e wi-fi grátis. Café da manhã incluso e todas as refeições quando estivermos no hotel;

  • Hospedagem em quarto INDIVIDUAL em Cabaceiras com cama de casal. Quarto com ar condicionado, wi-fi gratuito e varanda com rede. Café da manhã incluso;

  • Refeições inclusas: 3 almoços, 4 Jantas e 3 lanches em campo (bolos, sucos, sanduíches...)

  • 8 dias de atividades fotográficas em campo com dicas e supervisão do Fotógrafo Profissional Flavio Veloso e auxílio do Fotógrafo Profissional local Francisco Mendes. Além da companhia ilustre de Manuel Dantas Vilar. Não dá para descrever o Dantinhas. Esse aí só conhecendo... Ele é Indizível ;o)

  • Van Privada com ar condicionado a nossa disposição;

  • Visita e almoço na Fazenda Carnaúba, referência mundial em agro-pecuária em terras desérticas. Seu Manelito (primo irmão sócio amigo de Ariano Suassuna) já não se encontra entre nós e a família, responsável pela perpetuação desse legado tão importante, nos recebem e são diretamente responsáveis por grande parte do sucesso de nosso projeto. Nesse momento, podem ter certeza que estarão diante de uma família cujo DNA, por gerações, está intimamente ligado ao sertão e a cultura nordestina;

  • 24h por dia falando, fazendo, pensando e respirando fotografia, passando pela concepção, planejamento, execução, edição, tratamento, impressão e exposição. Sim, exposição!

  • Impressão de duas fotos 50x75cm e exposição em varal fotográfico durante a procissão de Nossa Senhora da Conceição, padroeira da região e festividade mais importante do calendário local;

  • Bate Papo Astronômico com a presença de um astrônomo e seu telescópio em atração turística surpresa na região durante a Lua Nova!

  • Entradas, taxas e guia local no Lajedo do Pai Mateus e Saca de Lã;

  • Seguro Viagem incluindo despesas médicas (R$20.000) e extravio de bagagem.

Não incluso:

  • Passagem aérea;

  • Alimentação quando não descrito o contrário ( pode-se fazer uma refeição saborosa ao custo médio de 25,00)

 

Importante:

​Todos são bem vindas mas é preciso ter a consciência, para acompanhantes não fotógrafos, que estamos em uma expedição fotográfica. Nosso compromisso é com a luz. O roteiro é planejado para equilibrar o conforto entre viajar e fotografar mas algumas horas nosso ritmo será bastante intenso.

EQUIPAMENTO:

 

  1. Câmera DSLR ou mirrorless com controle manual. Qualquer câmera.

  2. Lentes que preferencialmente abarquem as distancias focais de 24mm a 200mm.

  3. Tripé (altamente recomendado)

  4. Notebook (altamente recomendado)

  5. Acessórios desejáveis: filtro polarizador, filtro de densidade neutra, filtros de densidade neutra graduado e disparador remoto.

ROTEIRO DETALHADO:

20161202_IMG_3075_TAPEROA_287
20161202_IMG_3044_TAPEROA_256
161201_6430
161207_7281
fmendes (139)

Clique nas setas laterais para navegar pelas imagens

dia 01 : Chegada​

TARDE: Partida aérea. Voo indicado é o AZUL AD2926, com partida às 08:50h do do AeroportoSantos Dumond, no Rio de Janeiro e previsão de chegada em Campina Grande (CG) às 14:40h. Voo APENAS indicado. Não existe opção direta no momento que eu pesquiso. Integrantes de outros estados que optarem por voos diretos precisam chegar em CG até às 16h.  

NOITE: Chegada terrestre em Taperoá, em van privada com ar condicionado, no início da noite. Após um breve descanso e todos estarem alojados, faremos uma rápida apresentação no hall do hotel e sairemos para jantar em grupo, a pé, nos arredores do hotel.

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

Clique nas setas laterais para navegar pelas imagens

Dia 02 : Amanhecer + Workshop / Nivelamento Fotográfico + Andança Fotográfica pela cidade + Entardecer no Pau Leite + Noite no Pau Leite.

MANHÃ: Amanhecer livre com orientação e acompanhamento. Eu, Flavio Veloso, estarei acompanhando o grupo. Indicamos acordar ao alvorecer e caminhar em direção a praça principal, a 2 minutos do nosso hotel, aonde a Filarmônica da cidade se apresenta (detalhes abaixo). É preciso ficar atendo, desde agora, para as oportunidades que irão surgir ao longo de toda a viagem. Essa sinergia entre local, fotógrafo e fotografado é uma das bases das nossas expedições. É preciso que vocês se joguem! 

Uma das relíquias de Taperoá que precisa ser destacada nesse momento é a Filarmônica. Durante a semana que antecede o festejo e procissão de Nossa Senhora da Conceição, a Filarmônica percorre as ruas da cidade durante da alvorada. E isso é um prato cheio para imagens. Clique nos vídeos logo abaixo para entender melhor. 

Voltaremos ao hotel para o café da manhã e em seguida faremos um bate papo com projeção de fotos de edições anteriores e apresentação do trabalho do fotógrafo local Francisco Mendes e Manuel Dantas Villar. Isso fará com que vocês tenham um ante visão do que encontrarão na região.

TARDE: Almoço no próprio hotel e após um breve descanso, iremos direto para a localidade do Pau Leite, nos arredores da cidade, fotografarmos os últimos raios de luz no sertão e o entardecer. 

NOITE: Ficaremos na região do Pau Leite para observarmos os astros e contamos com a presença de um Astrônomo para essa orientação. Estaremos, óbvio, na semana da lua nova. Em outras palavras, a semana de mais estrelas no céu. Faremos um breve bate papo sobre como fotografarmos em uma situação como essa (de céu espetacular). Uma vídeo aula já terá sido disponibilizada para vocês com essa temática, mas o objetivo aqui é que vocês se testem, na prática. Algumas dificuldades surgirão e estarei ali ara auxilia-los. Vocês estarão sendo "jogado aos leões" logo no primeiro dia para ajustarmos essas dificuldades ao longo das outras noites fotográficas.

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

Clique nas setas laterais para navegar pelas imagens

Dia 03 : Feira Livre + Visita a Fazenda Carnaúba + Almoço 

 

MANHÃ: Caminhada pela Feira Livre a alguns minutos do nosso hotelNão importa em que local do mundo você esteja, feiras livres e mercados municipais, tenho para mim, que são os locais mais autênticos de uma localidade. Visito todo os mercados públicos por onde passo, e tento trazer isso para o nosso roteiro. Além das oportunidades fotográficas, também é uma ótimo hora para comprar algo e fortalecer o comércio local. 

Aconselhamos a quem quiser, acordar mais cedo para explorar a cidade nos primeiros raios de sol. Andar a esmo... Vocês já estarão ambientados, a cidade é pequena e extremamente receptiva. Estamos a 1 minuto a pé por exemplo, da praça principal... mas isso vocês já sabem...rs A essa altura já estão amigos de um monte de moradores e são figuras conhecidas na cidade. 

"Mas Flávio, como assim irmos explorar sozinhos a cidade?

Uma das vertentes dessa expedição é justamente esse tempo livre para que a foto pegue vocês... para que vocês tenham livre arbítrio do que querem, devem e irão fotografar. Para que escolham seus assuntos e se conectem com eles nesses momentos em que não estão sendo "direcionados". Quem já me conhece sabe do valor que eu dou ao "eu quero". Então, apesar de toda orientação, existirão momentos em que vocês estarão sozinhos. E acredite: isso é ótimo para sua fotografia. Por exemplo, não teve um momento programado para "fotografar crianças fantasiadas na parede branca", nem um momento "sorrisão do senhor", nem um momento "senhores decansando na escada ao pôr do sol", nem um momento "luz de fim de tarde batendo nas casas coloridas"... entenderam? Essas são imagens que nascem... mas para isso é preciso estar "lá".  

Sairemos oficialmente às 11:30h rumo a Fazenda Carnaúba. Passaremos parte da tarde na fazenda explorando os arredores, conhecendo sua produção de queijo e criação de animais (caprinos e bovinos). Conheceremos o legado e ouviremos com enorme prazer os causos que fizeram do patriarca da família, Seu Manuelito, primo-irmão e sócio de Ariano Suassuna,  uma das figuras mais respeitadas quando o assunto é semi-árido nordestino. Brinco que ele, que já não se encontra entre nós, deveria ser tombado como patrimônio imaterial brasileiro! Não acredita? Clica aqui. A família é parceira do projeto nos recebendo de braços abertos, contribuindo muito para o sucesso dessa experiência.

ALMOÇO: E nesse clima almoçaremos na Fazenda para, após um breve descanso, explorarmos a acaratinga nos arredores

TARDE: Após um breve descanso na própria Fazenda, exploraremos a região nos arredores da fazenda. Montaremos um cenário para fazermos algumas fotos da vida sertaneja na lida com os animais. Aguardem que teremos surpresas!  

 

Durante todos os momentos dessa expedição, eu incentivarei o livre arbítrio de vocês para que tentem criar uma narrativa visual ao longo desses dias... Para que, uma vez que se identifiquem com algo, que explorem essa temática. E eu, no que for possível, ajudarei nessa missão. Então nem esse nem nenhum outro momento é exclusivo para "fotos de paisagens" ou "agora é para fotografar estrelas" ok? Apesar de eu, Flavio Veloso, ser um fotógrafo outdoor, vocês não precisam exclusivamente ser um, nem essa é uma expedição exclusivamente de fotógrafos outdoors. "Flávio, curti muito aquele senhorzinho que mora na casa tal... estou pensando em voltar lá para fazer um retrato dele". Ótimo! Vamos ver como eu e a minha equipe podemos te ajudar a fazer isso acontecer...entenderam?

 

NOITE: Nivelamento fotográfico. Esse é um ótimo momento para finalizarmos as imagens captadas na noite anterior. Ou seja, tratarmos as fotografias noturnas e montarmos os nossos startrails juntos, com orientação, cada um em seu computador, usando as próprias fotos. Teoria pré-clique, captura orientada, mão na massa pós clique orientada e resultado na hora. Não tem como não absorver! Além disso, já começaremos a separar o que temos de interessante para o nosso varal fotográfico. Falaremos sempre das técnicas que usamos nas fotos feitas e alinharemos as técnicas que usaremos nas fotos futuras. 

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

Dia 04 - Cabaceiras e Lajedos.

MANHÃ, TARDE E NOITE- Após do café da manhã, rumaremos direto para o município vizinho de Cabaceiras, local onde foi gravado "O Auto da Compadecida" de Ariano Suassuna e mais recentemente "Onde nascem os fortes". Faremos algumas paradas estratégicas para fotografar ao longo do trajeto. Sem pressa. Sob demanda. Seguiremos rumo a uma pousada muito charmosa, cravada no meio da caatinga paraibana, onde almoçaremos e nos hospedaremos, com direito a uma piscina para chamar de nossa. Dali teremos os lajedos mais famosos da região a nossa disposição: Pai Mateus, Saca de Lã e Salambaia.

Cabaceiras soube aproveitar muito bem da oportunidade dada pela gravação do Auto Da Compadecida e se transformou na Roliude Nordestina. Nesse dia e no próximo, além dos seus lajedos, céus e paisagens, visitaremos suas ruas-cenários, contaremos com ajuda de alguns figurantes para modelar, comeremos a culinária local e conheceremos de perto seu artesanato.

Clique nas setas laterais para navegar pelas imagens

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

Dia 05 : Bate Papo Fotográfico + Visita a Cabaceiras

MANHÃ: Aproveitaremos a manhã para darmos uma geral em tudo que fizemos até o momento e alinharmos mais explicações técnicas sobre fotos futuras. Precisamos parar para escolhermos as imagens que serão expostas. Faremos isso individualmente, com orientação, logo após o café em nosso próprio hotel. Esse momento é de extrema importância para o sucesso de nosso varal fotográfico e por isso é preciso que vocês já tenham feito uma pré seleção das imagens possíveis para exposição. Abordaremos além da questão do tratamento em si, aspectos ligados a finalização e exportação para impressão e web.

TARDE: Cabaceiras, com o auto intitulado codinome de "a  Roluide Nordestina", em pleno semiárido, ficou famosa em todo o Brasil como cenário de dezenas de produções, entre documentários e longas nacionais. Exageros à parte, há que se registrar que, depois do Auto da Compadecida, baseado na peça de Ariano Suassuna, foram, sim, realizados na região perto de dez filmes (curtas e longas), com destaque para Viva São João, de Andrucha Waddington, Madame Satã, de Karim Aïnouz, Cinema, Aspirinas e Urubus, de Marcelo Gomes, Canta Maria, de Francisco Ramalho Jr,  Romance, de Guel Arraes e muito recentemente "Onde Nascem os Fortes".

Localizada na região do Cariri, essa cidade de cinco mil habitantes é considerada um dos destinos turísticos mais importantes do interior da Paraíba. Seu centro histórico parece sempre pronto para mais uma produção de cinema: é simples, bem preservado e abriga ruas largas e vias estreitas que recortam um simpático casario colorido do século 18.

Durante a tarde almoçaremos na cidade, visitaremos algumas atrações como o Museu da Memória Cinematográfica e artesões locais. E quem sabe não teremos alguns figurantes surpresa nos esperando... ;o)

NOITE: Voltaremos para Taperoá com chamada final para quem ainda não entregou as imagens do Varal

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

Dia 06 : Descanso + Morro do Pico

MANHÃ: Manhã de descanso com orientações

TARDE: Após o almoço, exploraremos a região do Morro do Pico tarde adentro. Fotografaremos o entardecer e aguardaremos as estrelas se firmarem para explorarmos a fotografia noturna com estrelas e ligthpaint nas ruínas ao redor. Casas de Taipa e Pedra nos esperam. Contaremos com a presença de um astrônomo local para orientações e montagem de um telescópio.

Montaremos uma mesa com lanche, água, sucos e frutas no local.

NOITE: Retorno direto para o hotel.

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

Clique nas setas laterais para navegar pelas imagens

Dia 07 - Varal + Procissão de Nossa Senhora da Conceição.

MANHÃ: Manhã livre com orientação.

ALMOÇO: Restaurante Pedra do Reino, em grupo. 

TARDE: Livre para fotos nos arredores da cidade ou descanso. Hoje é dia de festa! A montagem de nosso varal será às 17h.

NOITE: Festa e Procissão de Nossa Senhora da Conceição na praça Matriz, local que estarão expostas nossas imagens.

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

Clique nas setas laterais para navegar pelas imagens

Dia 08 - Hora da despedida.

 

MANHà- Hora da despedida. Às 11h, partiremos rumo a Aeroporto de Campina Grande.

Fim de nossos serviços

Você reparou que as fotos são na verdade sequências que podem ser passadas nas setas laterais? Cada sequência corresponde a locais que passaremos naquele dia.

Não deixe de ve-las e venha faze-las conosco!

 
IMG-20180508-WA0029
IMG-20180508-WA0029
IMG-20180508-WA0028
IMG-20180508-WA0028
161207_7281
161207_7281
IMG-20180508-WA0030
IMG-20180508-WA0030
IMG-20180508-WA0026
IMG-20180508-WA0026
IMG-20180508-WA0025
IMG-20180508-WA0025
IMG-20180508-WA0024
IMG-20180508-WA0024
IMG-20180508-WA0021
IMG-20180508-WA0021
IMG-20180508-WA0023
IMG-20180508-WA0023
IMG-20180508-WA0022
IMG-20180508-WA0022
IMG-20180508-WA0020
IMG-20180508-WA0020
IMG-20180508-WA0019
IMG-20180508-WA0019
IMG-20180508-WA0018
IMG-20180508-WA0018
IMG-20180508-WA0017
IMG-20180508-WA0017
IMG-20180413-WA0047
IMG-20180413-WA0047
IMG-20180413-WA0049
IMG-20180413-WA0049
20161202_IMG_2933_TAPEROA_145
20161202_IMG_2933_TAPEROA_145
20161202_IMG_2987_TAPEROA_199
20161202_IMG_2987_TAPEROA_199
161204_6881-Pano
161204_6881-Pano
20161204_IMG_3434_TAPEROA_303
20161204_IMG_3434_TAPEROA_303
20161202_IMG_3075_TAPEROA_287
20161202_IMG_3075_TAPEROA_287
161206_7166-Editar
161206_7166-Editar
161204_6838
161204_6838
161204_6979-Pano-Editar-Editar
161204_6979-Pano-Editar-Editar
161206_7155-Editar
161206_7155-Editar
40x60(qualidade_estagio_A) (10)
40x60(qualidade_estagio_A) (10)
20161203_IMG_3115_TAPEROA_8
20161203_IMG_3115_TAPEROA_8
20161202_IMG_3044_TAPEROA_256
20161202_IMG_3044_TAPEROA_256
161203_6488
161203_6488
20161202_IMG_2954_TAPEROA_166
20161202_IMG_2954_TAPEROA_166
161206_7176-Editar
161206_7176-Editar
161206_7239
161206_7239
161208_7363
161208_7363
161201_6430
161201_6430
IMG_20161209_173041
IMG_20161209_173041
20161204_111821-ANIMATION
20161204_111821-ANIMATION
fmendes (139)
fmendes (139)
fmendes (166)
fmendes (166)
20161209_172703
20161209_172703
fmendes (160)
fmendes (160)