Localizado no sudeste do Piauí, considerado Patrimônio Cultural da Humanidade - UNESCO, é a área de maior concentração de sítios pré-históricos do continente americano. Contém a maior quantidade de pinturas rupestres do mundo e em seus 737 sítios arqueológicos catalogados estão vestígios datados de 50.000 anos, os mais antigos registros na América. As pesquisas, abundantes no local, poem a região no centro das discussões sobre a migração de nossos antepassados e colocam em xeque as teorias aceitas até então (de que o homem não poderia ter chegado aqui antes de 15000 anos), elevando a região a um dos mais importantes cenários do turísmo arqueológico-científico do planeta.

Se não bastasse isso, o Parque protege uma parte da vegetação da caatinga onde se pode observar suas diversas variações, desde a caatinga baixa e densa até a caatinga alta. A fauna também é variada, com presença de tatus verdadeiros, tatus bola, tamanduás, jaguaratiricas, jacus, cotias, veados-catingueiros, porcos-do mato, macacos-prego e até onças.

A paisagem geológica do Parque também merece destaque, com presença de formações areníticas, cânions ruiniformes, e boqueirões, formando lindas vistas panorâmicas. Por sua importância e singularidade geomorfológica, a região está sendo cotada para receber o título de Geoparque.

E é tendo como base toda essa riqueza natural, cultural e científica que vamos fazer nossa 

Serra da capivara

 INDIZIVEL

Expedição Fotográfica

Conheci a região do Parque Nacional da Serra da Capivara a convite de uma amigo, também fotógrafo, que iria embarcar em um projeto junto a um artista plástico. Eu iria de assistente de luxo. Confesso que meu preconceito quase me dá uma rasteira. Por muito pouco não deixei de ir. Eu, cria do sudeste, nascido e criado no Rio de Janeiro, pensei “o que eu vou fazer em um parque nacional completamente fora do roteiro turístico? Se os parques aqui do Sul e Sudeste já não são um primor de organização e estrutura, imagina o que vou encontrar na Capivara? O que eu vou fazer no interior do Piauí, milhares de quilômetros de distância de casa, com um monte de atrações naturais ao meu redor, ao alcance de horas?". Eram várias as interrogações que me prendiam. A oportunidade de fazer outra viagem com esse meu amigo, sempre fotograficamente muito produtivas, me fez ir. Não foi o parque nem a região em si que me chamaram atenção naquele momento. Coloquei meu preconceito na mochila e fui. Fui e tomei uma surra! Encontrei um parque nacional organizado, com trilhas sinalizadas, muito bem estruturado, com funcionários e guias profissionais em total sintonia com uma região riquíssima, repleta de paisagens únicas. Cânions, vida selvagem, flora, povo, cultura, paisagens, geologia, história. Fui surpreendido por um museu (do homem americano) que, em plena caatinga, faz frente a qualquer museu de ciências naturais do planeta, tanto em infraestrutura como em seus atrativos que estão mudando o curso de como a ciência entende a ocupação do homem em nosso continente. Suas pinturas rupestres, quase onipresentes, são indescritíveis e tem capacidade de colocar nossa imaginação para trabalhar. Surubas (sim, você leu isso: surubas), sexo, beijo, caça, lutas, louvações, grafismos... está tudo lá registrado. Depois de tanto encantamento, fiquei com vergonha e deixei meu preconceito largado em algum canto do Cânion das Andorinhas.

Flavio Veloso, Fotógrafo

São as nossas linhas de Nazca (ou as nossas Pirâmides. A nossa Petra. A nossa Pompéia). A maior coleção de arte pré-histórica ao ar livre do planeta, em exposição num parque nacional de organização impecável. Vale a pena encarar a longa distância (as estradas estão ótimas) e a hospedagem básica (porém limpinha!) para se embasbacar com a qualidade, a diversidade e a força que esses desenhos têm ao vivo.

Ricardo Freire, Turista Profissional, Viaje Na Viagem

(grifo meu: talvez uma das pessoas que mais entendam de turismo no país)

​​​INCLUSO: 

  • Hospedagem no melhor Hotel de Petrolina em quarto INDIVIDUAL. Duas diárias.

  • Hospedagem em quarto INDIVIDUAL em Barreirinho dentro de uma atrações turísticas da região. Cinco diárias.

  • TODAS as refeições em São Raimundo Nonato (exceto bebidas);

  • Translado terrestre Petrolina / SRN / Petrolina em van com ar condicionado;

  • Nivelamento fotográfico teórico antes da ida ao Parque Nacional da Serra da Capivara com técnicas e exemplos que serão abordados ao longo da expedição. Detalhes no roteiro.

  • Uma intenção programação fotográfica sempre acompanhada do fotógrafo profissional Flavio Veloso. São nesses momentos que os conhecimentos passados no nivelamento são colocados em práticas e aprimorados. É aqui que as dicas, truques e conceitos são passados e lapidados.

  • Transporte com ar condicionado durante todos os dias na Serra da Capivara;

  • Ingressos, taxas e autorizações especiais no Parque Nacional da Serra da Capivara;

  • Ingresso no Museu do Homem Americano;

  • Ingresso no Museu da Natureza;

  • Guias Locais Especializados nos acompanhando durante todos os trajetos em SRN e Barreirinho. Nosso guia é arqueólogo formado, mestrando com pesquisa cuja temática aborda as megafaunas da região;

NÃO INCLUSO

  • Passagem aérea. Solicitar ajuda se necessário.

  • Nenhuma bebida nas refeições inclusas.

  • Gorjetas, serviços de quarto, frigobar, lavanderia e telefonemas.​

 

De 17 a 24 de AGOSTO

clique na foto e escolha seu plano

Traga seu amigo ou namorada(o) e  ganhe um super desconto!

Amigos em quartos individuais, casal em quarto casal.

Possibilidade de parcelamento sem juros até a data da expedição. Entrar em contato para efetuar.

NÃO FOTOGRAFO! POSSO IR?

Tendo a coincidência que está embarcando em uma expedição fotográfica com ritmo próprios e objetivos bem peculiares, se curtiu o roteiro, LÓ-GI-CO que você será muito bem vindo(a)!

O QUE LEVAR?

  1. Câmera DSLR ou mirrorless com controle manual. Qualquer câmera

  2. Lentes que preferencialmente abarquem as distâncias focais de 24mm a 200mm

  3. Tripé (altamente recomendado)

  4. Notebook (altamente recomendado)

  5. Acessórios desejáveis: filtro polarizador, filtro de densidade neutra, filtros de densidade neutra graduado e disparador remoto (este último, altamente recomendado).

Clique nas setas laterais para navegar pelas imagens. Fotos reais dos locais.

Dia 01 : Chegada

 

14h: Entrada liberada no Melhor Hotel de Petrolina, de frente para o Rio São Francisco. Apesar da estadia estar liberada a partir das 14hs, os voos para Petrolina são bem restritos com sua maioria chegando e saindo de madrugada. É provável que você chegue na madrugada do dia seguinte. Se isso se materializar, não se preocupe. Existem muitos táxis disponíveis e dependendo da demanda, podemos organizar isso com nosso transporte próprio. Nosso café e saída também não será tão cedo justamente por causa desse horário não convencional. A idéia é que você descanse em um bom quarto, tome um bom banho, acorde tranquilo, tome um bom café da manha, para partirmos todos juntos em nossa van rumo a São Raimundo Nonato (SRN).

Tarde e noite livres com indicação de passeio: Em virtude do exposto acima, é provável que boa parte do grupo chegue apenas de madrugada. Sendo assim, para quem chegou durante o dia, a tarde e noite são livres com indicação que descansem usufruindo da estrutura do hotel (piscina, sauna, academia...) ou curtam as atrações de Petrolina, como o Museu do Sertão e uma caminhada pela Orla, pegando o barquinho para Juazeiro no fim de tarde. Eu já estarei no hotel para recebe-los e, apesar de não-oficial, muito provavelmente faremos esses passeios juntos. 

INCLUSO:  diária com café da manhã no melhor hotel de Petrolina

20543802_1947495275465720_77612190697004
Ceramica_Artesanal,_Parque_Nacional_da_S
São Raimundo Nonato, Piauí, Brazil_9230.
Ceramica_Artesanal,_Parque_Nacional_da_S
180220_
20543802_1947495275465720_77612190697004
Ceramica_Artesanal,_Parque_Nacional_da_S
São Raimundo Nonato, Piauí, Brazil_9230.
Ceramica_Artesanal,_Parque_Nacional_da_S
180220_

Clique nas setas laterais para navegar pelas imagens

Dia 02 : Transfer Petrolina > Serra da Capivara + Janta na Pousada

10h: Iremos em van privada com ar condicionada rumo a região do Parque Nacional da Serra da Capivara. Trajeto de aproximadamente 6h. Faremos um lanche em trânsito, em nossa própria van, para optimizarmos o trajeto. Teremos suco, água, sanduíches, frutas, bolos, biscoitos, queijo...

 

16h: Previsão de chegada em nossa hospedagem. Detalhes sobre ela mais abaixo.

19h: Após todos acomodados e ambientados, jantaremos na própria pousada e receberemos um astrônomo local com seu telescópio para uma aula de identificação do céu. Apesar de não estarmos na lua nova (oposto a isso, estaremos próximo da lua cheia), Saturno e Júpiter por exemplo, estarão no céu e a Lua em si, com suas crateras, é um objeto beeeem interessante para se ver. Tudo será feito no pátio da nossa própria pousada. Ainda não tivemos o nosso nivelamento mas eu estarei a disposição para ajuda-los. Esse momento funciona inclusive para vocês sentirem a real dificuldade de fotografar o céu e com isso chegarem para "resolver problemas" em nosso nivelamento que acontecerá no dia seguinte.

INCLUSO: Transfer Petrolina > Serra da Capivara em van com ar condicionado + almoço em trânsito + Jantar + Bate Papo com astrônomo com telescópio + Acompanhamento fotográfico ao longo da noite

(POUSADA E) ALBERGUE SERRA DA CAPIVARA

A Cerâmica Serra da Capivara (nome oficial) na verdade é um complexo turístico-social aonde estão inseridos uma olaria, uma loja de cerâmica, uma pousada com seu refeitório (restaurante) e uma fábrica de camisetas. O local é um daqueles casos à La Neide Guidon: feito para capacitar mão de obra local (e diminuir a pressão ambiental na região), foi crescendo organizadamente, capacitando a comunidade do entorno e hoje, mais de 50 artesões tiram seu sustento da venda dos produtos ali produzidos. Vendendo diretamente, representados nacionalmente pela Tok & Stok, Etna e grupo Pão de Açúcar ou exportados para Itália, Espanha e EUA.

Ahhhh mas ficaremos em um Albergue?

No que se refere a parte da pousada, a história não é muito diferente. Foi crescendo de forma organizada, passo a passo e diferente da maioria dos estabelecimentos da região, o local é muito bem avaliado. Suas suítes são de tamanho ideal, novas, limpas, com ar condicionado e frigobar. Casal ou dupla. Ficam em um terreno bem amplo, encostado na serra e estrategicamente afastado da cidade (lembre-se: estaremos na lua nova). Uma comida caseira muito bem feita no que eles chamam de refeitório, fecha a questão.

Muito desse charme, dessa limpeza, dessa preocupação com a decoração, com os detalhes, se deve ao fato dessa ligação tão forte da comunidade local com o estabelecimento. Quem está ali nos atendendo, arrumando nosso quarto, trabalhando e pensando em prol da nossa estadia, está fazendo isso em um estabelecimento que lhe acolheu, que lhe deu oportunidade, lhe capacitou e que é referência na região. Isso se reflete no dia a dia do complexo da Cerâmica Serra da Capivara.

 
190304_3818
Toca_do_Boqueirão_da_Pedra_Furada,_Parqu
190303_3615-Editar-Editar
190305_3970
190305_3972
Pedra_Furada,_Parque_Nacional_da_Serra_d
Toca_do_Boqueirão_da_Pedra_Furada,_Parqu
190305_3994
190304_3818
Toca_do_Boqueirão_da_Pedra_Furada,_Parqu
190303_3615-Editar-Editar
190305_3970
190305_3972
Pedra_Furada,_Parque_Nacional_da_Serra_d
Toca_do_Boqueirão_da_Pedra_Furada,_Parqu
190305_3994

Clique nas setas laterais para navegar pelas imagens

Dia 03 : Nivelamento + Museu da Natureza + Guia Especializado + Pedra Furada ao Entardecer + visita às Pinturas Rupestres com iluminação cênica + Horário Especial para Fotografia Norturna (lua cheia no Sertão)

8h: Após o café, faremos durante toda manhã, um nivelamento fotográfico nas dependências de nossa própria pousada. Todos munidos de seus notebooks, falaremos sobre as situações que encontraremos ao longo de toda expedição. Abordaremos técnicas, equipamentos, software, usaremos imagens minhas dos locais visitados para exemplificarmos e aplicarmos as técnicas aprendidas, trocaremos nossas experiências e sairemos de lá preparados para os próximos dias de expedição. A partir daqui a parte fotográfica da expedição começa a se impor!

Almoço em nossa hospedagem para depois seguirmos para o recentíssimo Museu da Natureza. Sem dúvida um dos pontos altos de nossa atividade. Síntese de quase meio século de pesquisa na região, é a obra prima do legado da Dra. Niede Guidon e sua equipe, mostrando de maneira didática e emocionante, a importância científica daquela região para o mundo. Um museu antenado com a realidade, sem frescuras, ancorado no futuro, com muita tecnologia e interação em suas obras. Diversão garantida!

15:45h: Após uma pequena respirada, tomaremos a direção da Pedra da Capivara, monumento geológico que divide as atenções com as pinturas rupestres como símbolo (não oficial) do parque. Nosso objetivo fotográfico aqui é pegarmos ela com a luz dourada do fim de tarde em sua rochas, sem deixarmos de prestarmos atenção que também estaremos ali para mapearmos as imagens que faremos a noite neste mesmo local. Sim, estaremos nesse mesmo local, comprovadamente habitado ha pelo menos 100 mil anos, sozinhos, em silêncio total, em uma noite de lua cheia, para fotografarmos o luar no sertão sobre o mesmo monumento geológico que possivelmente os primeiros habitantes das Américas contemplaram igualmente.

Extasiados e famintos, porque não da para se alimentar só de imagens...rs, voltaremos para nossa pousada para jantarmos e finalizarmos o dia. Ficaremos na Pedra Furada até às 22h mas teremos guloseimas a nossa disposição (apesar de que eu duvido muito que alguém para de fotografar)

INCLUSO: Nivelamento + Almoço + Transporte + Guia Local Especializado (arqueólogo) + Entrada no Museu da Natureza + Entrada no Parque Nacional da Serra da Capivara + Taxas e Autorizações para luz cenográfica nas pinturas rupestres + Autorização para horário especial para noite na Pedra Furada + Janta

Fundação_Museu_do_Homem_Americano,_São_R
Canion das Andorinhas, Parque Nacional d
190304_173323
Panorama_Sem_Título1-Editar
Zuzu,_Fundação_Museu_do_Homem_Americano,
120502_8373-Pano
190304_3854
Fundação_Museu_do_Homem_Americano,_São_R
Fundação_Museu_do_Homem_Americano,_São_R
Fundação_Museu_do_Homem_Americano,_São_R
Canion das Andorinhas, Parque Nacional d
190304_173323
Panorama_Sem_Título1-Editar
Zuzu,_Fundação_Museu_do_Homem_Americano,
120502_8373-Pano
190304_3854
Fundação_Museu_do_Homem_Americano,_São_R
Fundação_Museu_do_Homem_Americano,_São_R

Clique nas setas laterais para navegar pelas imagens

Dia 04 : Nivelamento + Museu do Homem Americano + Guia Especializado (arqueólogo) + Cânion das Andorinhas para entardecer + Cânion das Andorinhas em Horário Especial para Fotografia Noturna

8h: Após o café, faremos durante toda manhã, um nivelamento fotográfico nas dependências de nossa própria pousada. Todos munidos de seus notebooks, falaremos sobre as captações feitas na noite anterior. Nosso objetivo aqui é tratar as imagens, mexer nos softwares e zerar todas todas todas as dúvidas e dificuldades que possam ainda estar nos rondando. Isso porque nesta noite teremos outra oportunidade de fotografarmos o céu em um local para lá de especial, com autorização.

Almoço em nossa hospedagem para depois seguirmos para o surpreendente Museu do Homem Americano, agora dividindo a atenção com o Museu da Natureza. Seguindo o padrão "Niede Guidon", é um apanhado do que existe de mais importante no que se refere a arqueologia local. E como por "arqueologia local", estamos falando  de um dos mais importantes hotspots da arqueologia mundial. Então, preparem-se!

15h: Seguiremos rumo a um dos locais mais interessantes, na minha opinião: o Cânion das Andorinhas. Ali ficaremos para o fim de tarde, faremos um lanche em campo, observaremos um fenômeno que é a volta das andorinhas ao seus dormidouros (é possível escuta-las cortando o ar para voltar a parte baixa dos Cânios) e fotografaremos o céu que se manifestará com o fim do dia. Ficaremos com autorização especial no local até às 22h.

Extasiados e famintos, voltaremos para nossa pousada para jantarmos e finalizarmos o dia.

INCLUSO: Nivelamento + Almoço + Transporte + Guia Local Especializado (arqueólogo) + Entrada no Museu do Homem Americano + Entrada no Parque Nacional da Serra da Capivara + Taxas e Autorizações + Autorização para horário especial para noite na Pedra Furada + Janta

190304_3707-Pano
190304_3773
190304_3721-Editar
190304_3794-Pano
190304_3692
190304_3625
190304_3670
190304_3770
baixão_da_pedra_furada,_Parque_nacional_
baixão_da_pedra_furada,_Parque_nacional_
baixão_da_pedra_furada,_Parque_nacional_
190304_3707-Pano
190304_3773
190304_3721-Editar
190304_3794-Pano
190304_3692
190304_3625
190304_3670
190304_3770
baixão_da_pedra_furada,_Parque_nacional_
baixão_da_pedra_furada,_Parque_nacional_
baixão_da_pedra_furada,_Parque_nacional_

Clique nas setas laterais para navegar pelas imagens

Dia 05 : Nascer do Sol e Primeira Luz na Caatinga + Ponta da Serra + Vista Panorâmica + Tocas com Pinturas Rupestres + Fim de tarde na caatinga

4:30h: Sairemos bem antes do sol nascer para pegarmos o dia amanhecendo de um ponto da estrada. Nosso objetivo aqui é fazermos o colorido do amanhecer enquanto percebemos a caatinga acordando, com suas cores e sons. Nosso local é estratégico para pegar também os primeiros raios dourados varrendo mata e batendo nos paredões rochosos.

Neste mesmo local tomaremos um café no campo com suco, achocolatado, bolo, frutas, pão, queijo...

Depois de todos satisfeitos, iremos em direção a um local chamado Ponta da Serra, onde é possível observar parte da Serra da Capivara de cima, incluindo a Pedra Furada, o Museu da Natureza e outras formações rochosas. Uma trilha mediana de aproximadamente 40 minutos nos aguarda... "Ahhhhhh trilha!!!!!". Pessoal, Ivan, o Incrível, com 75 rotações ao redor do sol chegou... a trilha é bem amigável. Não se assustem.

Pausa para o almoço e um breve descanso...

Para depois seguiremos para outro local que eu também considero bem especial. Um ponto do circuito do Baixão da Pedra Furada aonde ficamos envolto em formações rochosas. Podemos ver paredões de arenitos coloridos com tons indo do alaranjado ao arroxeado passando pelo branco, podemos ver marcas de depósitos sedimentares, pacotes de outros materiais condensados dentro do arenito, muito musgo colorido, muita caatinga ... Uma espécie de anfiteatro da natureza. 

Dependendo do ritmo do grupo, aonde temos duas tocas com pinturas rupestres em nosso roteiro. Uma delas planejadas para o fim de tarde.

INCLUSO: Transporte + Café da Manhã no Campo + Entrada no Parque + Almoço + Guia Especializado (arqueólogo) + Acompanhamento Fotográfico + Janta

190304_3885-Pano-Editar
Canion das Andorinhas, Parque Nacional d
Canion das Andorinhas, Parque Nacional d
190304_3794-Pano
190304_3692
190304_3770
190304_3885-Pano-Editar
Canion das Andorinhas, Parque Nacional d
Canion das Andorinhas, Parque Nacional d
190304_3794-Pano
190304_3692
190304_3770

Clique nas setas laterais para navegar pelas imagens

Dia 06 : Trilhas e Travessias + Cânion das Andorinhas com Luz a Pino e variações

7h: Sairemos relativamente cedo, após nosso café da manhã, para revisitarmos o Boqueirão da Pedra Furada e fazermos uma série de trilhas e travessias

Começaremos esse roteiro da manhã, de volta ao Boqueirão da Pedra Furada. Para quem não lembra, aquele paredão impressionante de pinturas rupestres (uma das áreas mais condensadas do mundo) e que já visitamos com a iluminação cênica a noite. Mas, além do charme do silêncio da noite, em virtude dessa iluminação especial, o tempo de visitação é mais restrito. Agora não! É nesse momento de iluminação natural que nosso guia especializado e arqueólogo, Iderlan Souza, irá nos explicar mais detalhes sobre esse que é um dos sítios arqueológicos mais importantes do planeta e pode mudar a teoria da migração dos homens pelo continente americano.

Em seguida, faremos algumas trilhas e travessias. Algumas com paisagens, algumas com pinturas rupestres. Os locais serão  escolhidos  e se adequarão ao perfil do grupo. Não se preocupe com trilhas longas e caminhadas se esse não for o seu perfil.

Pausa para o almoço e um breve descanso em nosso pousada.

Nosso descanso será breve pois rumaremos, de novo, para o Cânion das Andorinhas. Dessa vez nossa missão é chegar lá com sol a pino, de forma que a luz esteja batendo dentro do cânion, iluminando os dois lados das paredes rochosas e a vegetação. Andaremos por outras variações na mesma região e finalizaremos nosso dia um pouco mais cedo, voltando para pousada. Já estaremos no sexto dia de expedição e com certeza um pouco mais cansados. Este fim de tarde pode ser uma ótima oportunidade de, já desacelerando, fazer uma limpa nos cartões, baixar as imagens no computador, darmos uma olhada geral, batermos aquele papo sobre presets de tratamento e importção de imagens, além de separar as imagens mais significativa para conversarmos no encerramento que acontece no dia seguinte.

Durante todo trajeto teremos água e guloseimas a nossa disposição.

INCLUSO: Transporte + Café da Manhã + Entrada no Parque + Almoço + Guia Especializado (arqueólogo) + Acompanhamento Fotográfico + Janta

190301_3430
São Raimundo Nonato, Piauí, Brazil_9230.
Pedra_Furada,_Parque_Nacional_da_Serra_d
Pinturas Rupestres, Toca Pinga do Boi, P
120504_9197
120505_9631
Alto_da_Pedra_Furada,_Parque_Nacional_da
190301_3430
São Raimundo Nonato, Piauí, Brazil_9230.
Pedra_Furada,_Parque_Nacional_da_Serra_d
Pinturas Rupestres, Toca Pinga do Boi, P
120504_9197
120505_9631
Alto_da_Pedra_Furada,_Parque_Nacional_da

Clique nas setas laterais para navegar pelas imagens

Dia 07 : Rumo a Petrolina e Encerramento Oficial

8h: Sairemos, após nosso café da manhã, rumo a Petrolina. Almoçaremos na estrada.

15h: Previsão de chegada em Petrolina.

18h: Bate Papo de encerramento com análise final do material captado.

21h: Jantar de encerramento - Pizza!

INCLUSO: Transporte + Café da Manhã + Almoço + Hospedagem em Petrolina + Análise Final + Jantar de Encerramento

Dia 08 : Fechamento

12h: Como já explicado anteriormente, os voos decolam em horários bem ingratos e muito provavelmente você embarcou na madrugada desse oitavo dia. Ainda assim, sua diária vence hoje às 12h e caso a malha aérea da sua região te permita mais essa manhã, tem toda a insfraestrutura do hotel a sua disposição.

FIM DOS NOSSOS SERVIÇOS

Você reparou que as fotos são na verdade sequências que podem ser passadas nas setas laterais e que se clicadas revelam detalhes da imagem? Cada sequência corresponde a locais que passaremos naquele dia.

 
Mostrar Mais
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

Curtiu? Então compartilhe com os seus amigos!

Você pode enviar um email para info@flavioveloso.com ou preencher o formulário: